Missionários
Claretianos Brasil

home » Evangelho Meditado

Evangelho Meditado

Sábado, 22 de Setembro de 2018

1Cor 15,35-37.42-49: Semeia-se em corrupção e ressuscita-se em incorrupção.

Sl 55 (56),10. 11-12. 13-14 (R. Cf. 14c): Na presença do Senhor, andarei na luz da vida.

Lc 8,4-15: E o que caiu em terra boa são aqueles que, conservam a Palavra, e dão fruto na perseverança.

Naquele tempo: Reuniu-se uma grande multidão, e de todas as cidades iam ter com Jesus. Então ele contou esta parábola: 'O semeador saiu para semear a sua semente. Enquanto semeava, uma parte caiu à beira do caminho; foi pisada e os pássaros do céu a comeram. Outra parte caiu sobre pedras; brotou e secou, porque não havia umidade. Outra parte caiu no meio de espinhos; os espinhos cresceram juntos, e a sufocaram. Outra parte caiu em terra boa; brotou e deu fruto, cem por um.' Dizendo isso, Jesus exclamou: 'Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.' Os discípulos lhe perguntaram o significado dessa parábola. Jesus respondeu: 'A vós foi dado conhecer os mistérios do Reino de Deus. Mas aos outros, só por meio de parábolas, para que olhando não vejam, e ouvindo não compreendam. A parábola quer dizer o seguinte: A semente é a Palavra de Deus. Os que estão à beira do caminho são aqueles que ouviram, mas, depois, vem o diabo e tira a Palavra do coração deles, para que não acreditem e não se salvem. Os que estão sobre a pedra são aqueles que, ouvindo, acolhem a Palavra com alegria. Mas eles não têm raiz: por um momento acreditam; mas na hora da tentação voltam atrás. Aquilo que caiu entre os espinhos são os que ouvem, mas, com o passar do tempo, são sufocados pelas preocupações, pela riqueza e pelos prazeres da vida, e não chegam a amadurecer. E o que caiu em terra boa são aqueles que, ouvindo com um coração bom e generoso, conservam a Palavra, e dão fruto na perseverança.

Comentário

A palavra de Deus, como no-lo ensina a parábola de hoje, está sendo semeada em cada canto do planeta, em cada situação humana. Deus é um Semeador por essência. Desde a origem do universo que foi aberto à vida pela palavra, esta continua sendo semeada sem descanso. Deus é um esbanjador de palavras. Ele é a Palavra inserida na história. Porém, como são diferentes os terrenos e a acolhida dessa palavra! Desde a surdez por tantas palavras vazias, por palavras enganosas, por anúncios comerciais entorpecedores, até escutar os profetas de hoje. Só existe uma resposta a essa palavra de Deus: a fé. Uma fé transformadora deste modelo de mundo por um outro alternativo conforme o modelo das bem-aventuranças. A palavra semeada e acolhida deve produzir frutos. Vivemos num tempo de excessivas palavras superficiais; estamos extenuados por tantas palavras vazias. Nós mesmos transformamos as palavras do evangelho em doutrinas cansativas. Precisamos hoje renovar as palavras do evangelho e semeá-las ali onde florescem as inciativas de vida, e onde impera a dor!   

Santo do Dia

S. Félix IV

526-530 ? papa ? \"Félix? significa \"feliz?

Félix nasceu em Benevento, Itália, e governou a Igreja de 526 a 530. Foi um homem virtuoso e equilibrado. Além da luta pela pureza da doutrina, seu grande empenho foi restaurar os monumentos antigos de Roma, arruinados pelas freqüentes catástrofes. Conseguiu boas e cordiais relações com o rei godo Teodorico, sobretudo com sua filha Amalasunta, que lhe doou alguns edifícios no Fórum Romano, os quais foram restaurados e transformados em templos cristãos, dedicados aos santos Cosme e Damião. Restaurou também a basílica de S. Saturnino, destruída por um incêndio. Seu sucessor foi Bonifácio II, a quem preparou diligentemente para sucedê-lo. Morreu em 22 de setembro de 530.

Calendário - Serviço Bíblico