Missionários
Claretianos Brasil

Unidades do Claretiano em Batatais e Taguatinga recebem milhares de estudantes durante Feira de Profissões

Decidir qual profissão seguir ainda no Ensino Médio não é uma tarefa nada fácil. Para ajudar esses estudantes na região de Batatais (SP) e Taguatinga (DF) , o Claretiano – Centro Universitário, abriu suas portas e promoveu a segunda edição da Feira de Profissões ‘Claretiano Portas Abertas’. Em Batatais, a Feira que foi realizada nos dias 24 e 25 recebeu alunos de Batatais (SP), São Joaquim da Barra (SP), Cajuru (SP), Franca (SP), Jardinópolis (SP), Nuporanga (SP), Morro Agudo (SP), Serrana (SP), São Sebastião do Paraíso (MG) e Itamogi (MG), somando três mil visitantes nos dois dias do evento.  Já em Taguatinga (DF), o Claretiano, realizou a Feira de Profissões nos dias 24, 25 e 26 de outubro.  Durante o período passaram pela instituição cerca de dois mil alunos das escolas da rede pública do Distrito Federal das cidades de Taguatinga, Guará, Ceilândia e Samambaia.  Participaram também cerca de 200 alunos, do 9º ano até a 3ª série do ensino médio, do Claretiano - Centro Educacional Stella Maris.  Os alunos também tiveram oportunidade de conhecer os cursos oferecidos pela instituição na cidade, a estrutura do Claretiano e também de assistir ao vídeo institucional que contextualiza o Claretiano - Rede de Educação.

Graziele Fernanda Rodrigues de Cristo, 18, da Escola ‘Plínio Berardo’, de Jardinópolis (SP), gostou muito de tudo que viu. “Pretendo fazer Enfermagem e visitar o Claretiano vai me ajudar na decisão. Achei muito interessante a estrutura do curso”, conta. Já Antônio Lailton de Souza, 19, da escola ‘Manuel Martins’, de Morro Agudo (SP), não conhecia o Claretiano e achou ótima a oportunidade de visitar a instituição.  “Fiquei surpreso com tudo que vi no Claretiano. Achei muito boa essa iniciativa da instituição nos receber. Afinal, o estudo é a única oportunidade que os jovens têm para conseguir um lugar melhor na sociedade e com isso melhorar nosso país”, conta.

Para a coordenadora pedagógica do Centro de Ensino Médio 03 de Taguatinga (DF), Simone Soares Gonçalves a feira deu aos estudantes uma oportunidade de conviver com a realidade universitária. “Eles puderam ter a vivência de um campo universitário. Nossos alunos gostaram muito e foram bastante participativos”, conta ressaltando que como seus alunos são da rede pública, nem sempre é possível ter essa vivência proporcionada pela escola, mas a proposta do Claretiano de buscar os alunos proporcionou a eles uma ótima oportunidade.

Em Batatais, durante a Feira eles puderam conhecer como funcionam os mais diversos cursos oferecidos pela instituição participando de dinâmicas, oficinas e palestras de orientação dos vários cursos oferecidos. Eles também percorreram as salas de aula, os laboratórios, a academia e desbravaram toda a estrutura da faculdade. Além disso, no período noturno, os alunos visitantes tiveram a oportunidade participar de um júri simulado sobre o livro ‘O caso dos exploradores da caverna’, que aconteceu na sala do Tribunal do Júri. Para realizar a apresentação, os estudantes iniciaram os preparativos e ensaios em maio.  O estudo de caso ocorreu durante as aulas do professor José Rodrigues Arimatéa, que é Juiz do Tribunal do Júri, do TJ/SP, em Franca. O docente aproveitou a prática para lançar desafios aos alunos quanto ao funcionamento adequado de um júri popular. Mais de 200 pessoas participaram dos dois dias de apresentação.

Entre os cursos apresentados estavam enfermagem, administração, pedagogia, educação física, biomedicina, terapia ocupacional, direito, letras, fisioterapia, educação especial, produção de cerveja, jornalismo, biblioteconomia, os tecnólogos em Recursos Humanos, Gestão do Agronegócio e vários outros. Vale lembrar que todos os estudantes receberam um cupom para concorrer a uma bolsa de 50% em qualquer curso ofertado no Claretiano, em Batarias, válida já para 2020. O sorteio foi realizado na sexta-feira, 25/10, às 21h. O mesmo cupom foi utilizado para sorteios de brindes — como carregadores portáteis de celular e fones de ouvido, que aconteceram durante a visita. Durante a Feira os visitantes puderam conhecer os cursos de Gastronomia, Nutrição, Estética, Educação Física (bacharelado e licenciatura), Medicina, Enfermagem, Biomedicina, Fisioterapia, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Artes Visuais, Pedagogia, Letras Português / Inglês, Terapia Ocupacional e Música.

No Claretiano em Taguatinga foram realizadas atividades de interação no palco com apresentação de Fit Dance, competições guiadas pelos cursos de Educação Física e Fisioterapia e competição de fit dance. Já nos estandes dos cursos foram realizadas teste de bioimpedância; avaliação nutricional; oficina de música; aula show de gastronomia; testes de enfermagem (aferição de pressão e teste de glicemia) e biomedicina (tipagem sanguínea); manuseio de simuladores usados no curso de Medicina da Unidade de Rio Claro; jogos pedagógicos; exposição de materiais, equipamentos, práticas e técnicas dos cursos. Foram feitos mais de 1.200 atendimentos com os alunos da Enfermagem, mais de 450 com os de Biomedicina e mais de 300 com universitários da Nutrição.  Além disso, os visitantes puderam tirar dúvidas sobre estágio no stand do CIEE, ter informações sobre bolsas, financiamentos e sobre as inscrições para o vestibular na instituição.

 

 

 

 

Comente essa notícia

Comentários 0